Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



La Palissadas - 4

Quarta-feira, 12.06.13

 


 1 - O Dr. Passos Coelho não gosta da Constituição que lhe permitiu formar governo;

 

 

2 - Se lhe fosse possível já a teria substituído por outra, onde os direitos individuais fossem bem mais reduzidos;

 

3 - Não é que seja insensível e não goste das pessoas;

 

4 - Trata-se somente de facilitar aos mercados a via mais direta para a exploração das massas que não nasceram, nas sua perspetiva..., para outra coisa senão para serem veículos de lucros maximizados;

 

5 - Como não podia deixar de ser o seu governo é, com ele, solidário;

 

6 - Prefeririam que ela não existisse, sobretudo como é;

 

7 - Não lhe sendo possível eliminá-la tornam-se funâmbulos a tripudiarem sobre a mesma;

 

8 - Ao Senhor Silva, também conhecido por Sr. Professor e Presidente (alcunhas que aceita com agrado) ou ainda como trabalhador circense perito em alegrar as pessoas (epíteto que manifestamente lhe desagrada) caberia zelar pelo bom cumprimento da  mal amada Constituição;

 

9 -Mas o senhor que além de garante da lei fundamental deveria ser o presidente de todos os portugueses, por escolha ou limitação, é apenas o presidente do governo da sua cor;

 

10 - Permite, pois, que os Srs. Coelho, Gaspar e tantos outros membros deste desgoverno apresentme, repetidamente, projetos de leis e orçamentos consabidamente inconstitucionais;

 

11 - Não os trava e, por vezes, timidamente, esboça um esgar de desagrado, o qual não passará disso mesmo;

 

12 - Tentam deste modo fazer recair em cima de inocentes os descalabros das suas anedóticas políticas;

 

13 - Eles estão sempre de boa vontade e só pretendem o bem comum;

 

14 - O outros, todos os outros, é que lho impedem;

 

15 - Por isso não se coíbem de não cumprir leis vigentes, nem sentenças emanadas de órgãos competentes;

 

16 - Qualquer cidadão que tal fizesse seria demandado criminalmente e, seguramente condenado;

 

17 - O governo continua a apresentar leis inconstitucionais e a não cumprir sentenças a que está obrigado;

 

18 - Vide, recentemente, os casos do pagamento do subsídio de férias da função pública e a recusa a cumprir as decisões do Tribunal Arbitral sobre a Greve dos Professores;

 

19 - É um governo de tendência autoritária e que faz birras quando as coisas não lhe correm a jeito;

 

20 - E ainda ninguém foi preso ou pelo menos acusado do crime de desobediência contumaz;

 

21 - A tudo isto assiste, impávido e sereno, o Sr. Silva, negando-se a cumprir o que jurou fazer;

 

22 - A conclusão que se me apresenta é estarem todos já, em plena consciência e aceitação, à margem da lei;
 

 

 

 

Como nem sequer estão ainda indiciados dou comigo a pensar nos perigos das maiorias absolutas, ainda por cima com um presidente abúlico da mesma cor. Esta situação fá-los esquecer a quem pertence a soberania; pensam que a Democracia são eles; que o seu modo de pensar e agir não é somente o melhor, mas o único, o insubstituível. Daí às inquisições vai  um "passo de ganso".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Carlos Alberto Correia às 11:40








comentários recentes