Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Margarida Morgado – Água Pródiga

Sábado, 02.06.07
Capa: João Moniz



Editado pela associ’arte – Associação de Comunicação e Arte (associ.arte@mail.telepac.pt), de Évora foi lançado no passado dia 28 de Maio, o novo livro da Margarida Morgado, "água pródiga", cuja capaz se reproduz acima.

Prometendo voltar ao livro, para publicar alguns dos seus poemas, ficamos, por agora, pela apresentação feita na badana do volume:

“Margarida Morgado
nasceu em 1932, em Olhão.
Com 2 anos de idade a família muda-se para Évora.
Aqui estuda nas Doroteias
e no Instituto de Economia
e Sociologia de Évora,
onde se licenciou em Sociologia.
Na Bélgica fez a pós-graduação
em Sociologia dos Sistemas
Simbólicos. Foi professora
em Angola, esteve na Alemanha
e em França. Volta a Portugal
no pós 25 de Abril, e empenha-se
de corpo e alma a um país que
sonhou diferente. Trabalhou
na Comissão de Condição Feminina,
durante 15 anos.
A escrita sempre fez parte
da sua vida. Escrita que guardou
nos diários que sempre
a acompanharam e que de vez
em quando dá aos amigos.
Na cidade alentejana que adoptou,
e por quem foi adoptada,
é fácil encontrá-la numa esplanada
de esferográfica em punho
a murmurar para as páginas
em branco o que lhe vai na alma
e no pensamento. Em 2003, reuniu
alguns dos seus poemas e deixou-nos
dar uma espreitadela aos seus
escritos. Soube a pouco e quisemos
mais. “ Água Pródiga” é esse mais
que pedimos e que ela
com o seu carinho, a sua ternura
e o seu amor por todos nós, nos dá!”

Posted by Picasa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Carlos Alberto Correia às 17:17








comentários recentes